Uma amiga minha teve bebê esse mês e ficou me contando sobre o sofrimento de receber as visitas, tanto pelo cansaço dela como pela angústia da exposição de uma recém-nascida sem imunidade.

Mesmo sendo o terceiro filho dela, ela não se sente a vontade para receber pessoas no pós-parto. Veja bem: TERCEIRO! Algumas pessoas dizem que é frescura de mãe de primeira viagem….

Você pode até ser ou conhecer o tipo de mãe que deu festa na maternidade, contratou buffet, DJ, publicou no face o hospital, quarto que estava para receber os amigos, cobrou ingresso pra visitação com promoção de os 100 primeiros que chegarem entrarem de graça e no final ficou super feliz, mas olha, não é todo mundo que sente vontade de fazer isso.

Minha amiga perguntou como fiz pra “me livrar” das pessoas; eu falei: – Ora, com esse meu jeitinho “meigo” que vc conhece kkkk

Pra quem não me conhece vai uma imagem que define meu jeitinho Wolverine de ser:

wolverinebadass

Sério, quando eu estava na maternidade fiz um grupo no zapzap para os amigos mais próximos /família e dei um resumão super educado do acontecido: “Galera, Aurora nasceu, estamos bem, o parto foi ótimo, normal. Sim,doeu pra cacete! Quanto às visitas: prefiro não recebê-las na maternidade. Depois, quando ela estiver um pouco maior podem ir visitá-la.” Simples! Ninguém insistiu: meus amigos são muito legais, né?

No meu grupo ainda tinha uma amiga médica, recém-mãe também, que me fez o grande favor de explicar o porque não se deve visitar recém-nascidos e me deu maior suporte (valeu mesmo Chris!)

Para algumas pessoas da família foi mais complicado, eles não entendiam muito bem o porquê daquilo e eu disse que não queria expor minha filha recém-nascida, sem imunidade e que queria estar com ela nesse momento para conhecê-la, para me conhecer como mãe também. Momento chave de muito aprendizado, sabe?  Na maternidade você começa a amamentar, dá o primeiro banho, tem a primeira “noite de sono“; é o primeiro tudo. Sem contar com aquelas coisas chatas que ninguém fala e muitos nem sabem que acontece, por exemplo: No meu parto, como foi normal, eu ficava com gelo nas partes baixas pra amenizar o desconforto, quer dizer, não é nada legal receber visitas nessa situação.

Quando fui pra casa ainda não queria receber visitas. Fui bem clara: só venham quando ela completar um mês (jeitinho Wolverine). Claro que recebi pessoas da família, mas tudo com muita prudência e muito álcool gel.

-Nossa Thais, vc é muito neurótica.

-Foda-se.

kkk Sério, Xxxxente, tudo que eu não precisava no puérperio era me preocupar com minha filha pegando crepa e ficando doente. Então eu fiz o que minha consciência mandou! Não me arrependo nem um pingo! NADA MESMO! Então, te digo com a maior tranquilidade: Se vc quiser receber visitas, se isso vai te deixar mais feliz, então receba, mas se vc não quiser, liga o Wolverine, se não tem coragem de encarar o personagem bota a culpa no médico, diz que ele não autorizou porque a criança está sem vacinas, ou então bota a culpa no marido, diz que ele não quer, ou então pede pro marido falar com as pessoas e botar a culpa nos seus hormônios (eles ficam loucos mesmo), mas faça valer a sua vontade, tá?

Anúncios

2 comentários em “Recém-nascidos x visitas

  1. Kkkk! Adorei o post.
    Eu recebi 200 pessoas na maternidade pro primeiro filho. Pro segundo só as pessoas mais próximas: 3 amigas e o padrinho do nenêm. Ninguém da família a não ser o pai e o irmão mais velho do nenêm. Achei que a dinâmica da casa mudou muito na chegada do segundo filho, então achei bom que a gente se entendesse enquanto família antes de receber “intrusos” que colocassem nossa dificuldade em evidência…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s