No final ele é interrompido por um policial, que cruza os braços e faz cara de indignação. Do tipo: “vamos parar com essa Zueira na rua e voltar pro eixo”
 
Mas, Xenty, ele só estava feliz! Tudo bem, pulou numas poças e subiu num poste, mas molhou alguém? Quebrou alguma coisa?
 
Vcs já pararam pra pensar como estão educando seus filhos?
 
Eu penso que o mais é importante é que sejam felizes com eles mesmos e que respeitem o próximo, que se coloquem no lugar do outro.
 
Se pudesse dar um exemplo prático seria exatamente essa cena! Eu educo Aurora para que ela se sinta a vontade em demonstrar seus sentimentos, para que dance na chuva, cante e não sinta vergonha se pensarem que ela é maluca!
 
Que não se amedronte com “policiais” que exigem uma ordem controladora, sem sentido, cujo objetivo é torná-la “normal”, igual a todo mundo, sem pensamento crítico e, consequentemente, aceitando o que lhe é imposto com conformismo, mesmo que a torne infeliz.
 
Por isso que o pensar no próximo, trabalhar a compaixão e caridade é tão importante, porque as crianças precisam apenas desse medidor funcionando direitinho para que entendam a linha tênue entre obediência e libertação.
 
Quando Aurora viu esse vídeo fiz questão de apontar o policial pra ela e dizer: “pq o policial ficou bravo? só pq ele estava feliz dançando na chuva? Não faz sentido ele parar de dançar por causa dele, né? Afinal, não fez nada pra prejudicar ninguém”
 
Se ela entendeu? Acho que não, mas é bom começar desde cedo a passar essa mensagem, e claro, me lembrar também, estar sempre aplicando essa teoria na minha vida, pois é do exemplo que eles tiram as maiores lições!
Por Thais Braga
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s