Não rotulem, não julguem, não menosprezem, não minimizem.

Tenho dificuldades para explicar às pessoas que não é bacana ficar rotulando os filhos dos outros de acordo com conclusões precipitadas vindas de visitas, encontros esporádicos e momentos/períodos caóticos. Terceiros adoram apelidar: esse é arteiro, bagunceiro, tímido, inibido, comilão, mimado. Quando dizem que minha filha é "levada" porque ela está com sono, cansada e se … Continue lendo Não rotulem, não julguem, não menosprezem, não minimizem.

Anúncios

Quando ultrapassamos o nosso limite

Quando somos crianças testamos nossos pais a todo momento em busca do limite e aprendizado, na adolescência fazemos de tudo para ultrapassa-lo e nos sentimos imbatíveis, temos quase a certeza que somos imortais, até quebramos a cara e recuarmos. Mas apenas na maternidade que cheguei ao ponto de ver meu limite, ultrapassa-lo e permanecer por … Continue lendo Quando ultrapassamos o nosso limite